quarta-feira, 22 de abril de 2015

Fonologia

Fonologia é o ramo da Linguística que estuda o sistema sonoro de um idioma. Ao estudar a maneira como os fones (sons) se organizam dentro de uma língua, classifica-os em unidades capazes de distinguir significados, chamadas fonemas.

Baixe o arquivo completo neste link:

quinta-feira, 12 de março de 2015

Introdução ao Estudo de Gramática

Quer saber por que é importante estudar Gramática Normativa? Quais as suas divisões? De que se ocupa cada divisão?


-Baixe o arquivo, a partir do link, para ter acesso a essas e outras informações.


http://1drv.ms/1gD6TxA

segunda-feira, 2 de março de 2015

Anotações sobre a produção textual

Nos dias 09 e 10 de fevereiro, vocês produziram textos, numa dinâmica envolvendo palavras de campos semânticos diferentes. Li os textos e fiz algumas anotações, num ranqueamento de 01 a 10 dos erros mais comuns em todos os textos das 03 turmas. Segue abaixo o link com o power point visto em sala de aula.

Link:

http://1drv.ms/1DyybPO  

terça-feira, 24 de fevereiro de 2015

2015 começa aqui! - Variações Linguísticas

Variação linguística de uma língua é o modo pelo qual ela se diferencia, sistemática e coerentemente, de acordo com o contexto histórico, geográfico e sociocultural no qual os falantes dessa língua se manifestam verbalmente. É o conjunto das diferenças de realização linguística falada pelos locutores de uma mesma língua. Tais diferenças decorrem do fato de um sistema linguístico não ser unitário, mas comportar vários eixos de diferenciação: estilístico, regional, sociocultural, ocupacional e etário. A variação e a mudança podem ocorrer em algum ou em vários dos subsistemas constitutivos de uma língua (fonético, morfológico, fonológico, sintático, léxico e semântico). O conjunto dessas mudanças constitui a evolução dessa língua.

Abaixo, o link do slide visto na sala:

quarta-feira, 19 de novembro de 2014

Últimos Conteúdos do IV Bimestre

Seguem os links dos últimos slides de 2014...

É... Eu sei. Eu também já estou com saudades!

Feliz Natal!

Colocação Pronominal:

http://1drv.ms/1zCVUOT

Concordância Verbal e Nominal:

http://1drv.ms/1zCW48X

Regência Verbal e Nominal:

http://1drv.ms/1r1xZmV

terça-feira, 4 de novembro de 2014

Revisão de Língua Portuguesa para o ENEM

A partir de amanhã, quarta-feira, 05 de novembro de 2014, nossas aulas serão elaboradas a partir de questões comentadas e explicadas, com foco no ENEM 2014. 

A partir de quinta-feira, todos os slides vistos na sala poderão ser baixados aqui.

Enquanto isso, segue abaixo a coluna semanal de Dad Squarisi, do Diario de Pernambuco, publicada no último domingo, com dicas para redação. Beijos na alma!


Dicas de Dad Squarisi para a redação do ENEM:

·          Domínio da língua: escreva na norma culta. Grafe as palavras como manda o dicionário. Nada de brincadeirinhas que a gente faz na internet. Respeite a concordância, a regência, o emprego e a colocação de pronomes
·         Compreensão do tema: entenda a ordem. Se o enunciado pedir "as causas da obesidade infantil", fale sobre as causas (alimentação inadequada, sedentarismo, falta de esporte). Não enrole. Rondar o tema sem chegar ao núcleo pode anular a prova. Se você, por exemplo, falar sobre os riscos da obesidade para a saúde, fugirá do tema. Adeus!
·         Seleção e organização dos argumentos: o Enem exige dissertação. Quem disserta defende um ponto de vista. Busque ideias, citações, exemplos pra sustentar sua tese. Não bobeie. Se você apresentar carta, poema, conto ou crônica, já era. É zero na certa
·         Coesão: palavras, orações, períodos, parágrafos não ficam soltos no texto. Uns conversam com os outros. A língua oferece recursos pra ligá-los. São preposições, conjunções, pronomes, partículas de transição que fazem o texto parecer uma equipe, não um monte de jogadores soltos, na bobeira
·         Proposta de solução: o texto deve ser escrito em 3ª pessoa. Não dê a vez ao pronome eu. E, no final, proponha uma intervenção social pra resolver o problema. Seja abrangente. Convoque o governo, a família, a igreja, ONG's, para atingir o objetivo


Planejamento do texto

Você vai escrever um texto de 30 linhas, não um verbete de enciclopédia. O primeiro passo é traçar um caminho. Um só. O desafio: especificar a ideia que tem na mente. Vamos lá? Siga este plano. Leia o tema três vezes. Entenda-o. Planeje o texto. Eis o passo a passo:



·         Tema: assunto geral da redação. Responde à pergunta "o quê?"
·         Delimitação do tema: aspecto do tema que vai ser tratado. É o "quê" do quê
·         Objetivo: o que você quer com seu texto? Comece sempre com um verbo no infinitivo: expor, sugerir, apontar, denunciar, demonstrar, criticar
·         Ideias do desenvolvimento: argumentos, exemplos, comparações, confrontos e tudo que ajuda na sustentação do ponto de vista que você quer apresentar ao leitor

Eis um exemplo:
1.      Tema: acidentes no trânsito
2.      Delimitação do tema: responsabilidade pelos acidentes de trânsito
3.      Objetivo: demonstrar que irresponsáveis não podem pegar o volante
4.      Ideias do desenvolvimento: falhas humanas respondem por 95% dos acidentes de trânsito, estatísticas sobre as mortes no asfalto, lei seca, fiscalização do cumprimento da lei

Com o plano feito, redija. Comece pelo começo. Escolha uma frase bem atraente. Pode ser uma declaração, uma citação, uma pergunta, um verso, a letra de uma música. Depois desenvolva a tese. Cada ideia num parágrafo. Por fim, conclua. Lembre-se do fecho sedutor.

Seja natural. Imagine que o leitor esteja à sua frente ou ao telefone, conversando com você. Fique à vontade. Espaceje suas frases com pausas. Sempre que couber, introduza uma pergunta direta. Confira a seu texto um toque humano. Você está escrevendo para pessoas – gente igualzinha a você.


Link das questões para o ENEM: https://drive.google.com/file/d/0B_wCtYnwXzAXYTBnZV9UaUZXUm8/view?usp=sharing

Funções da Linguagem: https://drive.google.com/file/d/0B_wCtYnwXzAXWjMwcjRwRG8ybmM/view?usp=sharing

Figuras de Linguagem: https://drive.google.com/file/d/0B_wCtYnwXzAXVmVoU2xzWnR1a1U/view?usp=sharing

Vícios de Linguagem: https://drive.google.com/file/d/0B_wCtYnwXzAXMG1IamlPTnY4TWM/view?usp=sharing





segunda-feira, 28 de abril de 2014

Roteiro de Esquetes

Oficina de Textos: Roteiro de Esquetes
Objetivos 
Geral:
  •          Produzir textos coletivos, a partir de troca de ideias, tendo como base nos roteiros de vídeos cômicos da internet.
Específicos:
  •        Analisar o processo de criação dos vídeos dos canais de humor do Youtube, tais como, Parafernalha, Porta dos Fundos, etc; 
  •     Perceber a intencionalidade do conteúdo veiculado pelos vídeos assistidos;
  •          Observar a relação do conteúdo com situações concretas do convívio social;
  •         Criar esquetes em grupos, simulando como funciona uma equipe criativa;
  •          Discutir as tendências atuais, os limites do humor e o “politicamente correto” na televisão e na internet de hoje;
  •          Escrever esquetes, obedecendo às regras de formato textual que esse gênero exige;
  •          Produzir vídeos a partir dos textos escritos, obedecendo à fidedignidade do roteiro original (sem improvisos);
  •          Expor os vídeos produzidos em seminários.

Conteúdos Trabalhados:

  •     Variações linguísticas;
  •     Leitura e interpretação de textos teatrais escritos;
  •     Leitura e interpretação de textos teatrais orais;
  •     Produção de textos coletivos;
  •    Análise de discursos;
  •    Oralidade e representação.

Série
3ª Série do Ensino Médio. 

Tempo estimado 
10 aulas. 

Material necessário 
- Livro Porta dos Fundos;
- Notebook;
- Data Show;
- Som;
- Câmera fotográfica, filmadora ou celular;
- Tablet.


Desenvolvimento 

1ª etapa
Será feita uma sondagem à classe, sobre quem assiste aos vídeos na internet ou que já viu, na TV, algum programa de humor, elaborado a partir de esquetes, como o “Zorra Total”, “A Praça É Nossa”, “Divertics” ou outros do gênero.  Independentemente das respostas, serão levados e mostrados aos alunos alguns vídeos nesse formato.
2ª etapa
Será mostrado à turma um roteiro de um esquete do canal Porta dos Fundos, presente no livro de mesmo nome; depois será mostrado o vídeo a partir do esquete lida.
3ª etapa
Haverá debates a partir do que foi lido no roteiro e do que foi visto no vídeo.
4ª etapa
O professor produzirá um esquete junto com os alunos, para exemplificar o processo de criação. 


5ª etapa
Os alunos serão divididos em grupo e serão orientados a produzir os roteiros coletivamente.
6ª etapa
Os alunos produzirão os vídeos a partir dos roteiros e os apresentarão à classe.

Produto final 
- Roteiros originais de esquetes;

- Vídeos produzidos a partir dos roteiros.

Avaliação 
Será feita uma análise dos textos produzidos e dos vídeos criados, tendo como base a relação fiel de ambos, observando o cumprimento de sequência textual encenada no vídeo e, principalmente, a originalidade. Outra análise a ser feita é se os autores conseguem fazer com que o público alcance o pensamento de sua intencionalidade, ou seja, se o objetivo do texto, e consequentemente do vídeo, foi atingido. Ressaltando que essa intencionalidade tenha a ver com situações concretas, baseadas no convívio social.


Link do roteiro de "Na Lata": http://1drv.ms/1mQDmoE